Cassinos de fronteira: mofando da lei brasileira

Postado por dia em Legais
  • 0
  • 215 visualizações

Detalhes

Proibição cassino no BrasilA atividade dos cassinos é proibida no Brasil desde 1946 e, apesar das opiniões estarem mudando, o projeto de lei para sua liberação ainda não aprovado. Contudo, na esmagadora maioria dos países das Américas (e também na Europa), não é isso que acontece. Essa é uma atividade econômica como qualquer outra.

Vai daí, o que os empresários de nossos países vizinhos mais próximos entenderam? Que tinham um mercado enorme de potenciais clientes e usuários, que não podiam acessar um serviço em seu país de origem e poderiam fazê-lo em seus próprios países.

A solução, bem óbvia, foi abrir cassinos próximo à fronteira do Brasil, garantindo que os clientes brasileiros teriam de viajar o mínimo possível para chegarem a suas mesas de roleta, caça-níqueis e outras opções de jogo e entretenimento.

E os cassinos online?

Claro que, na atualidade, os brasileiros podem acessar o casino.netbet.com e outras plataformas semelhantes para tentarem sua sorte. Mas para todos os que consideram que o jogo online (mesmo sendo tão fácil, bastando um computador ou celular com ligação à internet) não dá as mesmas sensações que uma visita a um cassino, esse passeio ao exterior é essencial. Além de que pode sempre aproveitar para fazer umas compras que talvez não encontraria nas lojas nacionais.

Funcionamento do Cassino no Brasil

Tudo isso não tem nada de errado. Mas certamente você concordará que é engraçado serem os cassinos proibidos em um país e, em alguns casos, só precisar atravessar a rua para entrar em um. É como se os empresários estrangeiros estivessem mofando de nossa lei… confira abaixo.

Foz do Iguaçu/PR

Foz do Iguaçu tem as Cataratas, a Usina de Itaipu e tem também a proximidade de duas cidades “irmãs”: Ciudad del Este, no lado do Paraguai, e Puerto Iguazú, na Argentina. Em ambas, apareceram empresários que compreenderam que abrir um cassino seria uma “aposta” bem segura. Quando a Rota Beira Parque estiver pronta, os jogadores de roleta poderão até pedalar até Foz do Iguaçú.

Ponta Porã/MS

Ponta Porã - MS

Ponta Porã é uma cidade de fronteira que vive, em parte, dos negócios e do comércio com o vizinho Paraguai. Entretanto, na cidade vizinha de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, também tem quem pense o mesmo – que a vizinhança com o Brasil é uma oportunidade de negócio. Se você olhar o mapa, as duas cidades formam uma conurbação, ou seja, é como se fosse uma só cidade, dividida ao meio por uma fronteira. Para quem vive lá, e na maior parte dos casos, a fronteira é mesmo invisível e uma formalidade.

Ponta Porã é um desses casos em que só é preciso atravessar uma avenida para o outro lado e você chega na porta do cassino.

Santana do Livramento/RS

Santana é outro desses exemplos. Na fronteira dividindo o Brasil e o Uruguai, Santana e Rivera formam uma conurbação muito semelhante à de Ponta Porão e Pedro Juan Caballero. E o cassino com endereço na rua que divide os dois países, só precisando atravessá-la, é outra semelhança bem evidente.

Você também vai gostar:

Deixe um comentário